Regularidade do GORGS reconhecida pela Maçonaria norte-americana

. .

Após analise minuciosa em comissão americana, GORGS pode assinar tratados com todas as potências da América do Norte.

Uma grande vitória da diplomacia Maçônica do GORGS. Este é o resumo da participação do Grande Oriente do Rio Grande do Sul na Conferência dos Grão-Mestres das Grandes Lojas da América do Norte, do dia 17 ao dia 22 de fevereiro, na cidade de Omaha, Nebraska, EUA. O Grão-Mestre Tadeu Pedro Drago e o Ministro das Relações Exteriores Fúlvio Delavi participaram de todas as atividades e, especialmente, da reunião que definiu as novas Potências aptas a realizar tratados com a Maçonaria norte-americana.

O processo que culminou no parecer favorável da Comissão de Informação para o Reconhecimento das Grandes Lojas Americanas vinha sendo trabalhado a bastante tempo, com a produção de vasta documentação destacando a história e a importância do GORGS na Maçonaria Brasileira. As relações com Potências Maçônicas já reconhecidas pelos EUA também tiveram um grande peso na decisão.

Em vídeo produzido logo após a decisão o Grão-Mestre e o Ministro das Relações Exteriores falaram sobre a decisão histórica. Agora, todas as Potências da América do Norte estão autorizadas a se relacionar oficialmente com o GORGS. A partir disso, o próximo passo será formular os diplomas legais individualmente com cada uma dessas Potências (só nos EUA são 50 Grandes Lojas). “Conseguimos hoje um de nossas mais significativas  vitórias em 2017. O nosso Grande Oriente vem em primeiro lugar. Somos os gestores neste momento. Mas a instituição segue e cada conquista é muito valiosa para o nosso futuro”. O Grão-Mestre também destaca a importância da presença do GORGS: “Nós conversamos pessoalmente com muitos Grão-Mestres. Eles se prontificam a fazer tratados ao nos conhecer. Isso é fundamental. Estar presente, mostrar quem somos.”

Além de todo trabalhos dos Maçons do GORGS, também foi lembrado o apoio incondicional da Grande Loja Maçônica do Estado do Rio Grande do Sul (GLMERGS) neste processo. “O Tratado de Compartilhamento de Território e a formalização da nossa indicação pela GLMERGS foram fatores importantes para a Comissão de Informação aprovar o reconhecimento. Agradecemos de forma muito especial ao Grão-Mestre Paulo Roberto Pithan Flores e ao Grande Secretário de Relações Exteriores Roni Pinto Júnior por sempre serem solícitos e parceiros nesta caminhada”, finalizou o Grão-Mestre Tadeu Drago.

Fotos: Ir. Fulvio Delavi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *