Reconhecimento na Virgínia Ocidental

. .

Vem dos Estados Unidos a notícia de mais um reconhecimento e amizade. A Grande Loja do Estado da Virgínia Ocidental (The Grand Lodge of West Virginia AF & AM), após sua Conferência Anual, dia 9 de outubro, enviou ao GORGS a carta de reconhecimento e relações fraternas. Já são mais de 80 reconhecimentos ao redor do mundo, o que tornou possível, por exemplo, a entrada do Grande Oriente do Rio Grande do Sul no List of Lodges. Assim, a história e o projeto educacional do GORGS tornam-se cada vez mais conhecidos como verdadeiras referências na Maçonaria mundial.

A Grande Loja da Virgínia Ocidental foi fundada em 1865 e sua sede fica na capital Charleston, uma cidade pequena, mas com um grande passado, pois dali o estado da Virgínia foi dividido em dois: o lado ocidental era a favor da abolição da escravidão nos Estados Unidos.

No site da Grande Loja da Virgínia Ocidental, chama atenção o seguinte texto:

Desde o século 18, os Maçons da Virginia Ocidental procuraram unir homens bons de todos os meios e torná-los melhores maridos, pais e cidadãos, encorajando e cultivando os princípios maçônicos de amizade, moralidade e amor fraterno. Não existe uma definição singular para a Maçonaria. A Maçonaria significa muitas coisas diferentes para cada homem que se junta à fraternidade. Entre os muitos significados é um lugar para formar amizades e conhecimentos, um lugar para participar da introspecção ou discutir a filosofia.É também um lugar para praticar caridade e boa vontade. Através de cada um desses significados derivados, bem como inúmeros outros, os maçons se esforçam para tornar nosso mundo um lugar melhor para todas as pessoas”.

Sem dúvida, palavras inspiradoras para tempos tão difíceis que vivemos, onde é necessário que os Maçons se façam presentes nas suas comunidades de forma ativa e que através de sua capacidade de liderança e conhecimento filosófico possam fazer a diferença e buscar uma sociedade justa.

Fotos: Getty Images