“Liberdade e Progresso” celebra 121 anos

. .

A centenária Loja “Liberdade e Progresso” nº 26, de Soledade, completou 121 anos de fundação no dia 17 de novembro. Além de Centenária, ostenta também o título de Mui Excelsa que é concedido à Loja com mais de 50 anos de atividades ininterruptas e notáveis serviços prestados à comunidade onde está sediada.

Para festejar este importante marco na história da Maçonaria de Soledade, foi realizada no dia 27 de novembro uma sessão magna pública, que contou com a presença dos Irmãos, cunhadas, sobrinhos e convidados, além de representação das Lojas “Acácia da Serra” nº 321 (GORGS), de Sobradinho, e “Cavaleiros do Botucaraí” (GOB/RS), de Soledade, e do capítulo “Garimpeiro das Virtudes” nº 635 da Ordem DeMolay.

Na sessão todos foram recepcionados e distinguidos com as atenções do Venerável-Mestre Edelvi Graff Vieira, juntamente com o 1º vigilante Roberto Taffarel, o 2º vigilante Enio Carlos Mesacasa, o orador Heber Daniel Rodrigues Affonso, o secretário Zaluar Pedro e o tesoureiro Rui Carlos Dipp. Após a saudação do Venerável-Mestre, e o pronunciamento do orador, o delegado da 9ª Região Maçônica Carlos Alberto Rocha, apresentou uma síntese da história da Loja e seus ex-Veneráveis-Mestres, destacando a importante trajetória na comunidade, onde a Oficina liderou inúmeras iniciativas e foi protagonista importante na história e na formação de Soledade e da região.

Durante a sessão, também aconteceu a entrega de comendas e medalhas comemorativas. Um dos pontos altos, foi a apresentação, pelo Irmão Paulo Diógenes Quevedo Borges (professor, jornalista e historiador), de um importante documento Maçônico: uma carta de apresentação emitida pela Maçonaria do Alegrete, datada de 2 de abril de 1842, com lacre em cera de comprovação e autenticidade. A preciosidade histórica apresentou e recomendou ao Oriente de Soledade o Maçom Olivério José de Araujo Ortiz, patriarca da família Ortiz. Anos mais tarde, o apresentado foi vereador da 1ª Câmara de Vereadores e seu filho Euzébio dos Santos Ortiz, que foi Venerável-Mestre da Loja.

No encerramento, o Venerável-Mestre Edelvi Graff Vieira agradeceu a presença dos visitantes e enalteceu o convívio fraterno entre os Irmãos. Destacou a atividade e o comportamento dos jovens pertencentes à Ordem De Molay, e relatou que durante o recesso que se inicia, será promovida a reforma na parte interna do Templo e que os trabalhos recomeçam, com força e vigor, em 05 de março de 2018.

Fotos: Irmão Carlos Alberto Rocha