Reconhecimento em Cuba

. .

Um das mais tradicionais Potências Maçônicas caribenhas, Grande Loja de Cuba (Gran Logia de Cuba) é mais uma importante organização a confirmar reconhecimento do GORGS. A mensagem do Grão-Mestre cubano Lázaro Faustino Cuesta Valdés chegou ao Grão-Mestre Tadeu Pedro Drago através dos documentos enviados pelo ministro de relações exteriores do GORGS Fulvio Delavi e do grande secretário cubano Asdrúbal Adonis Pagés Manals.

Cuba é uma ilha no mar do Caribe com mais de 11 milhões de habitantes e muitas contradições: se por um lado tem reconhecidos programas de educação (99,8% de alfabetização) e saúde (grande desenvolvedor e produtor de vacinas no mundo), sofre também com restrições a liberdades individuais e aos direitos humanos. Aos poucos, tenta retomar relações (principalmente comerciais) com os Estados Unidos e resolver velhas questões políticas entre seus líderes. Curiosamente, a Ordem Maçônica nunca deixou de atuar no país, mesmo sob intensa vigilância.

A capital Havana é um ponto turístico de grande movimento e atrativos naturais e culturais. A Grande Loja de Cuba foi fundada em 1859 e completa, por tanto, 158 anos de história.

Gran Logia de Cuba