A ação social do GORGS: as vitórias da Fundação São João

. .

Toda obra em benefício dos Maçons e da sociedade se perpetua, pois cumpre um dos princípios da Maçonaria, o da fraternidade. É com essa diretriz que a Fundação São João (FSJ), braço filantrópico do GORGS, trabalha com importantes projetos sociais direcionados à família maçônica e à comunidade gaúcha. Estas atividades, que estão em pleno andamento, apontam para números superiores aos atingidos no ano passado pela FSJ.

Em julho, a diretoria da FSJ reuniu-se com a SPAN (Sociedade Pelotense de Assistência à Maternidade à Infância e Auxilio aos Necessitados), dirigida por Maçons e apoiada pela Loja “Antunes Ribas” nº 80. O objetivo dessa reunião foi a elaboração de um projeto social para que a Fundação colabore no desenvolvimento do trabalho. A SPAN é uma instituição com mais de 70 anos que proporciona 150 ranchos mensais, roupas, medicamentos e consultas médicas aos necessitados. A ação do GORGS, por meio da Fundação São João, certamente se soma-se à meritória labuta realizada pelos Irmãos da região sul.

No mês seguinte, foi assinado protocolo de projeto social com a Fundação Pão dos Pobres. Com esse acordo, a FSJ disponibilizará consultas nas áreas de psicologia, fonoaudiologia e odontologia para as crianças que residem e estudam no Pão dos Pobres. Tendo em vista as dificuldades de acesso aos serviços públicos, a concretização desse projeto social atende as finalidades para as quais a Fundação São João foi criada a quase 15 anos, graças ao esforço de Irmãos de diversas Lojas e da administração do GORGS.

Já no término de agosto, a FSJ ensinou, na prática, aos alunos da Escola Infantil Querubim, de Porto Alegre, como concretizar a filantropia. Foram entregues às professoras da escola, roupas, calçados e cobertores para que as crianças doassem aos idosos do Asilo Padre Cacique.

Em parceria com o Lions Medianeira, a Fundação também realizou atendimento oftalmológico em dezenas de crianças no pátio da Igreja Medianeira, no bairro do mesmo nome, da Capital. As duas instituições providenciaram armações para os óculos de todas as crianças com indicação do especialista.

Dado o sucesso desta parceria, esse projeto social foi ampliado, com a realização mensal de atividades de atendimento oftalmológico em diversas cidades do estado. Aliás, juntamente com o Piquete Fraternidade Gaúcha, do GORGS, mais de 50 crianças de escolas públicas da capital, com problemas de visão, foram atendidas durante o acampamento farroupilha, no Parque da Harmonia. No mesmo período, a FSJ realizou sua tradicional blitz da saúde, que chega até a população mais carente e necessitada. Foram cerca de 130 pessoas atendidas com testes de glicose e verificação de pressão arterial.

Já no início de outubro, foram adiantadas as tratativas com Irmãos de Caxias do Sul para atendimento naquela cidade e comunidades da região, onde houver demanda. Este programa é desenvolvido com o intuito de servir à comunidade de modo geral.

Entre suas conquistas, a Fundação São João recebeu neste ano a Certidão de Registro da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, que reconhece a assistência social como sua principal finalidade habilitando a requerer auxílios e subvenções do estado do Rio Grande do Sul.

Em observância ao espirito sempre defendido pelo GORGS de fortalecimento da Maçonaria Unida do Rio Grande do Sul, a direção da FSJ recebeu a visita dos Irmãos Luiz Carlos Padilha, secretário Institucional, e Lucas Sytia, secretário da Previdência do GOB-RS. Eles conheceram as dependências da entidade e tomaram conhecimento dos projetos em andamento, bem como o planejamento de ações futuras. Trataram ainda de estreitar os laços fraternos que unem a Maçonaria gaúcha.

Ainda neste mês foi inaugurada uma nova recepção, para que os Irmãos e a comunidade possam ter um acolhimento digno e de qualidade quando procuram a entidade. A nova recepção teve seu planejamento e obra administrada pelo ministro do Patrimônio do GORGS Paulo Estevão Troian. Esta ação faz parte do planejamento estratégico de 2017, visando qualificar serviços e atendimentos. Conforme planos da direção, em breve serão lançados mais programas sociais atendendo os maiores objetivos filantrópicos e fraternos do Grande Oriente do Rio Grande do Sul, através da Fundação São João de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência Social.