Exposição Maçônica em São Leopoldo

. .

A Maçonaria tem marcas indeléveis na história do Vale do Rio dos Sinos. Muitas das Lojas ali instaladas contam com mais de um século de tradição. A partir do dia 14 de setembro, esta forte ligação está contemplada no Museu Histórico Visconde de São Leopoldo. O museu resguarda a história da colonização germânica, salvando do esquecimento, da perda e da destruição, objetos, livros, cartas, jornais, documentos e outros elementos que se refiram à história da imigração e colonização alemãs.

A exposição “Símbolos e Honrarias Maçônicas no Berço da Colonização Germânica” foi lançada oficialmente com a presença do Grão-Mestre Tadeu Pedro Drago e sua comitiva composta pelo Grão-Mestre Adjunto Osleno dos Santos Heberlê, o ministro da Administração Ivo Gilberto Fraga e os conselheiros Josué Moraes e Paulo Möbus, que foram recepcionados pela presidente Ingrid Elisabet Marxen e pelo diretor Giovani Mesquita. A catalogação do material maçônico foi realizada pelos voluntários do museu, Irmãos Valdir Malacarne e Gunther Robert Karl Ulrich Sydow Loja “Estrela do Oriente 3ª” n° 324, de São Leopoldo.

A cerimônia teve cobertura da TV FEEVALE, que realizou entrevista com o Grão-Mestre do GORGS, que realizou matéria especial sobre a Mostra Maçônica. À reportagem, resumiu o pensamento da Maçonaria gaúcha: “Representamos e queremos uma sociedade justa, fraterna e solidária. O que nossos antepassados nos legaram deve ser respeitado. E devemos levar adiante nossas heranças culturais”.

A exposição permanente está aberta à visitação na avenida Dom João Becker n° 491, centro de São Leopoldo. Contatos pelo e-mail museuhistoricosl@museuhistoricosl.com.br ou telefone 51 3592 4557.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *