AMANOR promove palestra no dia do Maçom

. .

A AMANOR promoveu  palestra com o tema “A participação do Maçom na segurança pública” no dia 21 de agosto, em comemoração ao Dia do Maçom no Brasil (20), ministrada pelo comandante-geral da Brigada Militar, Coronel Andreis Silvio Dal’Lago, nas instalações do recreio da Juventude, em Caxias do Sul.

O evento contou com a presença de mais de 300 Maçons, como é de costume nos eventos e atividades da entidade dos Maçons da Serra Gaúcha, extremamente ativa nas questões sociais, e educacionais. O presidente Flávio Tavares e o vice-presidente Flávio Coiro já se manifestaram em diversas oportunidades na Rádio GORGS falando sobre essas importantes atividades, áudios que podem ser acessados no portal do GORGS.

A abertura do evento ficou por conta do Grão-Mestre Tadeu Pedro Drago, que discorreu sobre a importância da participação dos Maçons na política e na sociedade. “O caminho para a melhora do nosso país se dará através do conhecimento, ou seja, a educação”, ponderou. O Grão-Mestre citou o projeto educacional do Grande Oriente do Rio Grande do Sul, salientando que a Potência Maçônica busca incessantemente fazer a sua parte para o aprimoramento dos Maçons e sua posterior contribuição na sociedade. Concluiu dizendo que é fundamental a retomada do desenvolvimento do país e que o povo brasileiro merece melhores condições e oportunidades.

O Irmão Andreis Dal’Lago apresentou diferentes metodologias aplicadas ao longo dos tempos que, sem continuidade, resultaram nos atuais índices de violência. Também citou a falta de fiscalização efetiva do governo federal nas fronteiras, local por onde entram armas, drogas, cigarros, defensivos agrícolas, além de trânsito intenso de veículos roubados. Convidou a plateia para uma reflexão: “Quando se compra um espelho retrovisor de um carro importado – que custa mais de mil reais – por apenas cem reais, o cidadão não pensa que, para chegar até ele, esse espelho deixou um rastro de sangue”? E completou: “E nós Maçons, o que fizemos?”

O Comandante-Geral da Brigada Militar destacou as ações que do estado para devolver ao cidadão a percepção de segurança e reduzir a criminalidade, como o aumento de efetivo da corporação, com a formatura de mais de mil policiais, o concurso com previsão de mais de 4 mil vagas, as ações de repressão qualificada, combate ao roubo e furto de veículos, ao abigeato, as ações de policiamento comunitário, parcerias com o ministério público e o poder judiciário para persecução penal, ou seja, investigação preliminar mais a ação penal, e o aumento gradual de vagas nos presídios. O Coronel Andreis ainda frisou que os Maçons podem atuar principalmente em projetos sociais para colaborar com a sociedade como um todo na busca de um caminho de paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *