MINISTÉRIOS

Os Ministérios são órgãos auxiliares do Executivo e funcionam de forma autônoma. Seus titulares e adjuntos estão ligados diretamente ao Grão-Mestrado e são de livre nomeação e substituição pelo Grão-Mestre. Podem ser subdivididos em setores de acordo com a necessidade do serviço e no interesse dos mesmos.

Ministério da Educação, Cultura e Comunicação Social

O Ministério da Educação, Cultura e Comunicação Social tem por finalidade incentivar e estimular a cultura Maçônica em geral. Estão sob sua responsabilidade o Instituto Maçônico de Estudos Superiores, editora Maçônica, serviços de imprensa e telecomunicação, Museu Histórico, editoria de revistas, informativos e jornais do GORGS, Rádio GORGS e o Grupo Tradicionalista Piquete Fraternidade Gaúcha.

Ministro:
Secretário do Ministério,
Diretor da Revista O Delta e da Rádio GORGS: Rodrigo Reus
Jornalistas: Samuel de Souza Santos e Peter Lenhart
Radialista: Rafael Passos
Secretário do Curso de Filosofia
e Fundamentação Maçônica: Luiz Carlos Bicca Magalhães

Atribuições do Ministério:

• Promover cursos especializados.
• Estimular a prática de desportos e recreação educativa.
• Editar livros maçônicos.
• Promover a harmonia social entre os Irmãos.
• Zelar pelas tradições maçônicas rio-grandenses.
• Prover o acervo do Museu Histórico.
• Desenvolver a pesquisa e atividades culturais.
• Manter a biblioteca e a pinacoteca.
• Guardar e zelar por todo o patrimônio histórico-cultural do GORGS, catalogando-o e registrando-o em livros próprios.
• Incentivar, estimular, promover e realizar a educação Maçônica e geral, através dos diversos meios, canais e formas regulares e realizar a Comunicação Social do GORGS.
• Congregar os Maçons tradicionalistas associados e suas famílias.
• Participar de promoções organizadas por outras entidades tradicionalistas filiadas ao Movimento Tradicionalista Gaúcho, contribuindo para o sucesso dos eventos.
• Representar o Grande Oriente do Rio Grande do Sul, quando designado, ou quando convocado para acompanhar o Grão-Mestre em celebrações alusivas a tradições e cultura gaúchas.
• Representar o Grande Oriente do Rio Grande do Sul, formando piquete de cavalarianos, em cavalgadas e em demonstrações cívicas que a Potência apoie, mediante autorização do Grão-Mestre.
• Assumir, estabelecer e controlar, nos meses de agosto a setembro, o piquete no Parque da Harmonia, durante os eventos da Semana Farroupilha, organizando e desenvolvendo atividades culturais afetas ao tradicionalismo e, mesmo, à maçonaria rio-grandense.
• Organizar e desenvolver atividades culturais dentro do Grande Oriente do Rio Grande do Sul, tais como concursos de poesia, concurso de gastronomia campeira, palestra sobre a história do Rio Grande do Sul e da Maçonaria rio-grandense.
• Estimular o sentimento do gauchismo na comunidade Maçônica, mediante atividades tradicionalistas, e representar o Grande Oriente do Rio Grande do sul nas comemorações da Semana Farroupilha.